terça-feira, 17 de março de 2015

Rio de Janeiro: Garis entram no quinto dia de greve com passeata e denúncia sobre contratações

Nesta segunda (16) o Jornal do Brasil flagrou um grupo de homens recolhendo lixo para a Comlurb no bairro do Estácio. Segundo os agentes, eles haviam sido convocados sem contrato e para receber uma diária de R$ 150 ou R$ 30 por período de trabalho. O grupo estava sem uniforme da companhia, todos vestiam calça jeans, tênis, camiseta e luvas.  

"Eu sou um cidadão que fui chamado para recolher lixo. Eu aceitei, estou recebendo. Não sou de nenhuma empresa", disse um dos "garis" enquanto seguia um caminhão da Comlurb. Os "novos garis", como eles mesmos se apelidaram, contaram que o convite partiu de um homem que caminhava à frente do caminhão, mas não souberam dizer se ele era funcionário da empresa.

Seguidores

Pesquisar este blog