domingo, 6 de outubro de 2013

Gilson Caroço deixa PTN e Eleição do ano que vem motiva troca de partido de 10% da Câmara Federal

Questão Brasil
Gilson Caroço estuda convites para se filiar, mas sem pressa, já que
não vai participar como candidato da corrida eleitoral do ano que vem
Gilson José de Meneses, o popular Gilson Caroço, esta deixando o PTN por não ter constatado na prática o respeito ao pluralismo de ideias, que é consagrado no estatuto partidário, mas que acabou por não se confirmar na prática.

O PTN é um partido nanico, que no papel tem propostas claras para a sociedade goiana, mas o mesmo partido que prega a democracia interna, a articulação com os movimentos sociais e o livre debate de ideias, não apoia seus filiados e não ouve o que eles têm a dizer.

Gilson Caroço manteve se fiel aos seus princípios e mais ainda aos seus eleitores que depositaram nele a confiança para que disputasse as últimas eleições municipais em Goiânia, e foi fiel ao partido, que acreditava ser um defensor da democracia e contra retrocessos autoritários em defesa de um povo que não tolera mais o fisiologismo político e casos de corrupção que quase sempre ficam impunes.

A decisão choca alguns, a quem Gilson Caroço explica que sua atitude não traz prejuízo ao seu idealismo, por não ser detentor de mandato e não ter a pretensão de ser candidato em 2014, o fez repensar se valia a pena à permanência no partido, pois não pode militar em um partido que não cumpre o que prega e não dá o apoio necessário aos seus filiados.

Gilson Caroço Continua acreditando que a reforma política e, consequentemente, a exigência do cumprimento de um prazo mínimo de filiação dos candidatos, são absolutamente necessários para a depuração da atividade pública.
Reitera que suas convicções continuam as mesmas e que vai estudar melhor os convites que recebeu para filiar-se, e enfim militar por uma legenda que defenda as mesmas ideias que as suas, e jamais se esqueça de defender os direitos do cidadão.

Como a maioria da população, Gilson Caroço considera que a política deve ser exercida com decência e ética. Acredita que o político deve filiar-se e permanecer em uma legenda, com coerência, defendendo os ideais do partido, mas mantendo-se fiel as suas próprias convicções.

A fidelidade partidária não pode ser usada como desculpa para punir quem age em consonância com os interesses populares. Feliz do político que age com a sua consciência e tem o discernimento para entender que o povo é que é o seu verdadeiro patrão.
Dez por cento dos deputados federais trocaram de partido nas últimas duas semanas motivados pela disputa eleitoral do ano que vem. Segundo registros da Câmara, dos 513 deputados, 52 mudaram de legenda
Leia mais: G1 - Eleição do ano que vem motiva troca de partido de 10% da Câmara - notícias em Eleições 2014

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Ex-atletas contam que poderiam ter pago por convocação na época de Luxemburgo e Leão

Leão diz que não sabe nada sobre o assunto
A polêmica sobre antigas convocações para a Seleção Brasileira está ganhando novos capítulos. Os ex-jogadores Vágner e Catanha afirmaram terem sido procurados por empresários que desejavam vender a eles uma convocação no início de 2000, fomentando a declaração feita em abril por Luciano Bivar, atual presidente do Sport, sobre a entrada do volante Leomar para o time nacional em 2001.
Leia mais: Ex-atletas contam que poderiam ter pago por convocação - Yahoo Esporte Interativo

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Austrália cobrará Fifa se Copa de 2022 mudar de data

O presidente da Federação Australiana de Futebol, Frank Lowy, se manifestou nesta terça-feira sobre a possibilidade da Fifa alterar a data da Copa do Mundo de 2022, que será disputada no Catar, e defendeu que a entidade aguarde o fim da investigação sobre o processo de escolha da sede do evento para tomar qualquer decisão. Além disso, cobrou que as ligas nacionais que seriam afetadas pelas mudança sejam indenizadas, assim como as candidaturas que foram derrotadas pelo Catar.
Em dezembro de 2010, numa eleição com acusações de compra de votos, o Catar foi escolhido para sediar a Copa do Mundo de 2022 em disputa com os Estados Unidos, a Coreia do Sul, o Japão e a própria Austrália. Agora, porém, preocupada com o forte calor no Catar nos meses de junho e julho, quando tradicionalmente é disputada a Copa do Mundo, a Fifa admite a possibilidade de realizar o torneio no inverno.
leia mais: Portal A TARDE - Austrália cobrará Fifa se Copa de 2022 mudar de data

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Brasil sobe uma posição e fica em oitavo no ranking da Fifa

A seleção brasileira tem jogado o suficiente para deixar os adversários preocupados na Copa de 2014
Depois de ter estacionado na nona posição na atualização anterior do ranking da Fifa, ocorrida em agosto, o Brasil voltou a subir na listagem da entidade, divulgada nesta quinta-feira pela entidade. O País galgou um posto e passou a ocupar a oitava colocação, com 1.067 pontos.

Em compensação, a seleção brasileira foi ultrapassada pelo Uruguai, que entrou no Top 10 do ranking ao saltar da 12.ª para a sétima posição, agora com 1.126 pontos. A Argentina, por sua vez, vivendo grande momento e já garantida na Copa do Mundo de 2014, elevou o seu status na Fifa ao subir duas posições, chegar ao segundo lugar e ultrapassar a Alemanha, agora terceira colocada, apenas dois pontos atrás da seleção de Messi.

Já a Espanha, que ainda não assegurou classificação ao Mundial, segue liderando com folga, com 1.514 pontos. Curiosamente, a seleção espanhola foi a única que não trocou de posição no Top 10 nesta atualização do ranking da Fifa.

E atrás de argentinos e alemães agora passou a figurar a Itália, que carimbou passaporte para a Copa nesta semana e assumiu a quarta posição ao galgar mais dois postos na listagem.
Leia mais: Brasil sobe uma posição e fica em oitavo no ranking da Fifa - Yahoo! Esporte Interativo

sábado, 6 de julho de 2013

Fiscal descobre fraude em vestibular em Araraquara, SP via @reinaldo_cruz

A desconfiança de um fiscal durante as provas levou à descoberta de um esquema para fraudar o vestibular de medicina, neste sábado (6), no Centro Universitário de Araraquara (Uniara). Doze estudantes foram parar na delegacia e estão prestando depoimento. Um deles, que usava peruca, levantou suspeitas do fiscal que acabou puxando seu cabelo e descobrindo o ponto eletrônico no ouvido.

Os estudantes detidos, sete homens e cinco mulheres, são dos estados de São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Maranhão, Mato Grosso, Paraná, Rio de Janeiro e Tocantins. Eles responderão por fraude e deverão ser liberados após o pagamento de fiança no valor de R$ 1.500. Eles estariam recebendo as respostas de pessoas que estavam do lado de fora na faculdade e que conseguiram fugir.

Fiscal descobre fraude em vestibular em Araraquara, SP - geral - geral - Estadão

Seguidores

Pesquisar este blog