sábado, 9 de junho de 2012

Flamengo estuda demitir Joel @Reinaldo_Cruz @Goias_EC @qb_7 @R49_ @Aparecida_ @Assuntosdegoias @QBTV2

A paciência da alta cúpula do Flamengo com Joel Santana chegou ao fim. A pressão que sai da Gávea e chega ao Ninho do Urubu encontra o escudo que protege e segura o treinador no cargo: Zinho, favorável a um diálogo para uma solução pacífica e a manutenção do treinador, pelo menos por enquanto. A multa rescisória em caso de demissão imediata é de R$ 1,4 milhão, e não R$ 3 milhões, como fora divulgado. Mesmo com a asfixia financeira, mais do que as altas cifras, o maior problema do clube é encontrar um substituto para o atual treinador, que está em processo de fritura.
Na madrugada desta quinta-feira, depois de uma atuação sem brilho e empate por 2 a 2 com a Ponte Preta, graças a um gol salvador de Vagner Love aos 48 minutos do segundo tempo, o assunto da demissão voltou à tona. Zinho, que estava em Campinas, e o vice-presidente de finanças, Michel Levy, que ficou no Rio, conversaram por telefone. O assunto em pauta: o futuro de Joel Santana. O diretor de futebol pediu calma e “uma conversa” para tratar do tema. Mesmo em caso de vitória sobre o Coritiba, no sábado, no Engenhão, será feita nova avaliação sobre o trabalho do técnico. Derrota ou até mesmo empate, entretanto, tornarão a situação de Joel insustentável


Seguidores

Pesquisar este blog