domingo, 20 de fevereiro de 2011

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Copa do Mundo de 2014

O craque Neymar é nome certo para a Copa de 14
A CBF enviou a FIFA à relação de cidades disponíveis para que as seleções façam sua preparação, antes e durante o Mundial de 2014.
O Governador de Goiás Marconi Perillo já disse reiteradas vezes que espera incluir alguma cidade de Goiás neste bloco das cidades que estarão fazendo parte do circuito da Copa do Mundo.
Olhando a lista e vendo quais os atrativos que cada cidade pode oferecer aos selecionados estrangeiros, imprensa e torcedores começam a ver com pessimismo a participação de Goiânia na maior festa do futebol Mundial.

A Capital de todos os Goianos tem pouca ou nenhuma chance de participar, ao contrário de Caldas Novas que tem sua cotação no mercado turístico Brasileiro elevado.
É louvável o esforço que todos nós de Goiás estamos vendo o Governo fazer para trazer alguma seleção para cá, mas também é flagrante que a infraestrutura e atrativos da capital são de minuto.
Falar que não temos um Aeroporto já virou clichê e o transporte na cidade é horroroso.
“Itália, Alemanha, França, Inglaterra, Argentina e Espanha que são selecionados de primeira grandeza não devem vir para cá, por que são Seleções que arrastam multidões por onde passam e além do conforto de seus atletas, observam a comodidade de seus torcedores e a imprensa de seu País.”
Goiânia é Metrópole, Caldas Novas Não, mas guardadas as devidas proporções a infraestrutura de Caldas é melhor que a da Capital hoje. Por lá seria necessário construir só o Aeroporto, que cá para nós já passou da hora da região das Águas Quentes terem um Aeroporto de Padrão internacional.
Escrevi certa vez que Goiânia poderia voltar até a figurar entre as 12 sedes, mas como não estamos aqui para ludibriar ninguém, plantando falsas esperanças, tenho a obrigação de relatar o que foi apurado neste último mês.
A FIFA e a própria CBF se mostram preocupadas com as obras para o Mundial de 2014 que deveriam estar cumprindo um cronograma rígido, afim de que tudo esteja relativamente pronto para a Copa das Confederações que será realizada em Junho de 2013.
Natal e Manaus estão longe de cumprir as metas e ainda podem ser substituídas.
No Rio de Janeiro depois de supostas irregularidades as verbas foram parar na conta gotas e mesmo que ninguém do Governo do Rio de Janeiro admita, a conclusão das obras vai fugir do planejamento original.
Enquanto na Argentina se inaugura o primeiro estádio coberto da América Latina, visando a Copa América deste ano, no Brasil o moderno estádio do Corinthians que pode realizar a abertura do evento, continua no papel e é uma das maiores preocupações da FIFA.
Apesar da idade em 2014 (34 anos) Ronaldinho acredita na participação
Em Aeroportos ninguém falou em mexer até agora e lá se vão dois meses de 2011, restando tão apenas e somente quarenta meses para a realização da Copa no Brasil.
Trem Bala já falou, mas também só falou, ação que é bom não aconteceu ainda.
Os Governos que assumiram em Janeiro, talvez não esperassem essa dificuldade toda em inicio de mandato, mas até as coisas se ajustarem vai ser muito difícil para Goiânia se colocar em posição de pleitear substituir alguma capital que por ventura venha desistir.

As doze cidades que irão sediar os jogos da Copa do Mundo de 2014 no Brasil e seus respectivos comitês, terão um seminário em Brasília na próxima terça-feira, dia 22, com o Governo Federal e a FIFA, através LOC (Comitê Organizador Local), que é presidido por Ricardo Teixeira.
As cidades terão que expor como anda as obras urbanas e dos estádios, segundo o radialista Wellington Campos da Rádio Itatiaia já são motivo de grande dor de cabeça para a FIFA.
O principal assunto dos últimos dias e que deve dar a tônica do seminário são o Maracanã no Rio de Janeiro, o estádio do Corinthians em São Paulo e até o Mané Garrincha em Brasília.
Após analisar relatórios a FIFA pode até anunciar ainda no seminário, que estas cidades já estariam de fora da Copa das Confederações em 2013.
Os valores iniciais de quase todas as obras já foram alterados para cima e tem sido mais um motivo de preocupação, não só para a entidade maior do futebol, mas para o Governo brasileiro também.
No Maracanã, por exemplo, o valor da obra está saltando de R$ 700 milhões para cerca de R$ 1 bilhão, devido problemas estruturais no teto do estádio, conforme foi noticiado pela imprensa.
Em Natal no Rio Grande do Norte, as obras do estádio Arena das Dunas ainda não foram iniciadas por problemas de licitação. Segundo o LOC lá não preocupa tanto.
As obras em Salvador, Minas Gerais, Recife, Cuiabá e Manaus andam bem adiantadas, ao contrário do que tem sido veiculado pelos jornais.
O Mineirão que será um dos estádios da Copa das Confederações em 2013, pleiteia também realizar a abertura do Mundial em 2014.
A Fonte Nova em Salvador é talvez a que esteja mais adiantada de todas
Em Recife, o estádio será novo e o bairro também. É o projeto mais ousado de todos os 12.
O presidente do LOC, Ricardo Teixeira, quer evitar o que aconteceu na África do Sul, onde as obras estiveram muito atrasadas e ficaram prontas somente as vésperas do Mundial. Aqui o aperto no cronograma é para que tudo esteja dentro dos conformes em dezembro de 2012, seis meses antes da competição teste (Copa das Confederações) e um ano e meio antes da Copa do Mundo de 2014.
As doze cidades estão recebendo nesse mês as visitas dos técnicos da FIFA especializados em centros de treinamentos que serão utilizados pelas 32 seleções durante o Mundial.
Serão escolhidos três por cidade sede.
Para o período de treinamentos antes da Copa do Mundo, serão escolhidas noventa cidades em todo Brasil para que integre o circuito da Copa. Cento e vinte estão cadastradas e trinta vão sobrar.
Em junho deste ano a FIFA anuncia a cidade que receberá o IBC (International Broadcast Center), o centro de imprensa da Copa. A disputa para receber o centro de imprensa é tão acirrada quanto à disputa pela abertura do Mundial
Outro assunto que não foge da pauta é a situação em que se encontram os aeroportos do País.
A Cada dia que passa mais preocupante fica.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Jovem é morto a tiros no Setor Pedro Ludovico

18 de Fevereiro de 2011 | Por: Adriana Marinelli, do DM Online

Um jovem de 23 anos foi morto a tiros na madrugada de hoje (18), no Setor Pedro Ludovico, Goiânia. O crime, que aconteceu por volta de 1h na Rua 1013, vitimou Robson Carlos Faria. De acordo com a Polícia Militar (PM), testemunhas afirmam que indivíduos em um veículo não identificados surpreenderam a vítima, efetuaram os disparos e fugiram em seguida. Robson foi atingido por cinco disparos na região do pescoço e um na mão esquerda. A PM suspeita que o jovem tinha envolvimento com drogas. O caso está sendo investigado.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Assuntos de Goiás: Um absurdo chamado Segurança Pública

Assuntos de Goiás: Um absurdo chamado Segurança Pública: "O 6º Mandamento da PF19 pessoas presas, Ex Secretários de Estado tendo que prestar esclarecimentos e um nítido constrangimento entre as auto..."

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Ronaldo se aposenta

Sim, simplesmente Ronaldo, o menino pobre que conquistaria seu espaço no seleto grupo dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos.
E olha que falando assim parece simples mesmo, mas Ronaldo não teve só momentos de glórias em seus 18 anos dedicados ao futebol, passou por calvários de contusões e sofreu com a desconfiança de sua capacidade em momentos cruciais de sua extensa e vencedora carreira.
De forma simples ele conquistou uma legião de fãs e admiradores por onde passou e até quando fez besteiras achou quem o defendesse, por que ele era e sempre será o menino Ronaldo.
Com sua simplicidade em sua metade de vida dedicada ao futebol, Ronaldo jamais foi coadjuvante, pois sempre esteve no foco do Mundo do futebol. Ao se deparar com o estrelato o menino de origem humilde não se deslumbrou com o glamour e soube administrar "ene" situações que o levariam a ser um Fenômeno Mundial.
Ronaldo justificou o apelido de Fenômeno, maior artilheiro das Copas

Ele conquistou o subúrbio Carioca, a metade de Belo Horizonte e do dia para a noite se viu com a responsabilidade de ter que substituir certo baixinho no coração dos Holandeses. O PSV Eidhoven se orgulha de ter Ronaldo como maior ídolo que por lá passou.
Depois de conquistar o Mundo como carregador de chuteiras daquele baixinho, o menino magricela e dentuço começou a escrever a sua própria história e que faria parte de um capítulo importante nos livros que retratam o futebol.
A Europa que começou a ser desbravada e conquistada pelos Países Baixos, se renderia definitivamente ao Gênio simples e criativo de arrancadas fulminantes ao velo em ação com a camisa do Barcelona da Espanha e de novo coma a incumbência de ser pelo menos notado como Romário.
Foi além e a FIFA o consagrou por duas vezes consecutivas o melhor do Planeta.
Mas aquele dentucinho de Bento Ribeiro estava só começando, em 1998 ele deixa Barcelona e vai desbravar a Velha Bota coma camisa do Internazionale de Milão e desta vez sem ter que substituir ou encantar tanto quanto o Baixinho da Vila da Penha.
Por La e tendo o Estádio Giuseppe Meazza como palco para seus concertos se tornou definitivamente e simplesmente o "Fenômeno" que todos nós aprendemos a respeitar.
Na Itália pelo Internazionale e mais tarde com a camisa do Milan de Berlusconi, Ronaldo conheceria o inferno das lesões e receberia em uma destas passagens o diagnóstico de que estaria acabado para o futebol profissional.
Com muita luta e sacrifício ele surpreendeu os céticos e de forma simples voltou a ser Ronaldo, sem duvida nenhuma, um Fenômeno.
Artilheiro e Campeão do Mundo ele volta a ser o melhor do ano pela FIFA em 2002, mas naquele ano Ronaldo marcaria seu nome para sempre nos anais do esporte como exemplo de superação de um atleta.
Parece pouco para você, e era para ele também, que queria mais. Foi para o Real Madrid, conquistou o Mundo de novo via Mundial Interclube, fez parte do time de Galácticos Merengues que além dele contava com nomes da estirpe do parceiro Roberto Carlos, Zidane, Beckham e Raul.
Depois de passear em Milão e freqüentar as enfermarias do Milan, ele decide voltar ao Brasil e quem sabe ao Flamengo, seu time do coração.
Quis o destino que não e era hora de conquistar uma nação.
O sujeito simples que despontou no pequeno São Cristovão, voltava ao seu País 16 anos depois para proporcionar aos seus compatriotas o prazer de conferir ao vivo o seu imenso talento e genialidade.
O maior artilheiro da história das Copas voltou ao futebol Brasileiro não só para jogar no Corinthians, mas reafirmar aos olhos do torcedor que depois do Rei Pelé, o Mundo teve mesmo só um Fenômeno. 
É verdade que não conquistou a Champion League.
Também é verdade que não conseguiu levantar uma taça de campeão Brasileiro, mas mesmo assim ele escreveu de forma simples o seu nome na lista dos maiores jogadores que o Mundo da bola já viu atuar.
Ele se vai, da mesma forma simples com veio.
Simplesmente Ronaldo! 



domingo, 13 de fevereiro de 2011

Brasil goleia e vai a Londres 2012

Seleção

atropela Uruguai, 
conquista

Sul-Americano e vai às Olimpíadas


Brasil goleia Celeste por 6 a 0 e acaba com sonho da Argentina, que

verá os Jogos de casa. Lucas marca três vezes e Neymar faz dois gols na

vitória

A Argentina precisava de uma goleada no placar entre Uruguai e Brasil

para tirar o time canarinho das Olimpíadas de 2012 e ir atrás da

terceira medalha de ouro seguida. O resultado apareceu no Estádio

Universidad Nacional San Agustín, em Arequipa (Peru), mas da pior forma

possível para os hermanos. Com atuação impecável de Lucas e Neymar, a

Seleção de Ney Franco goleou a Celeste por 6 a 0 neste domingo,

garantiu o 11º título do Sul-Americano Sub-20 (terceiro seguido) e

carimbou o passaporte para os Jogos Olímpicos de Londres.

Lucas (três vezes), Neymar (duas) e Danilo marcaram para o Brasil, que

terminou o hexagonal final com 12 pontos, 15 gols marcados e três

sofridos. Em toda a competição, a Seleção só perdeu uma partida (2 a 1

para a Argentina) e empatou duas, com sete vitórias. Maior estrela do

torneio, Neymar foi o goleador com nove, tornando-se o maior artilheiro

brasileiro de uma edição do Sul-Americano Sub-20. Ele ultrapassou

Adaílton, autor de oito em 1997, e comemorou imitando um carro como

recado ao pai, que lhe prometeu um presente especial em caso de

"objetivos conquistados".


Brasil e Uruguai, segundo colocado com dez pontos, vão disputar as

Olimpíadas no ano que vem. Medalha de ouro em 1924 e 1928, a Celeste

volta aos Jogos após 84 anos de ausência. As duas seleções juntam-se

ainda a Argentina, Equador e Colômbia no Mundial Sub-20, que será

disputado entre julho e agosto deste ano na Colômbia. O Chile não

conseguiu vaga para nenhum dos torneios (confira a classificação final

do hexagonal).

Os meninos brasileiros dedicaram o título ao zagueiro Bruno Uvini, que

teve que passar por uma cirurgia na perna direita e deixou o Peru

durante o Sul-Americano. A garotada desembarca no Brasil na manhã de

segunda-feira, com chegada prevista no aeroporto internacional de

Guarulhos, em São Paulo, às 8h55m (de Brasília). Em seguida, parte da

delegação segue para o Rio de Janeiro, com desembarque previsto para

14h (de Brasília).

Lucas brilha e 'mata' o jogo em dois minutos
Campo pesado e em péssimo estado. Foi esse o panorama que Brasil e

Uruguai encontraram o gramado do Universidad Nacional San Agustín, em

Arequipa, para a decisão do Sul-Americano. Os primeiros minutos de jogo

foram de escorregões e passes errados dos dois lados. Logo aos dois

minutos, Neymar levou uma entrada dura na lateral do campo. Cartão

amarelo para Platero. Tudo o que a Seleção queria na final, um árbitro

que coibisse a violência dos rivais.

Neymar foi a

estrela maior da Seleção Sub 20 e terminou o Sul americano com

Artilheiro e com a moral em alta com o técnico Mano

Meneses.
O jogo foi equlibrado até os 24. A partir daí, a Seleção Brasileira

passou a dominar o jogo. Oscar recebeu na entrada da área e chutou por

cima do gol de Ichazo. Quatro minutos depois, Lucas fez fila pelo lado

direito do campo e cruzou para Willian José. O atacante acertou um belo

voleio e a bola passou à esquerda do goleiro uruguaio.

Garotada comemora em homenagem ao zagueiro Bruno Uvini, que passou por

cirurgia (Foto: Mowa Press)
O Uruguai só assustou o goleiro Gabriel aos 38. Vecino arriscou de fora

da área e a bola passou rente ao gol brasileiro. Dois minutos depois, o

Brasil abriu o marcador. Alex Sandro fez uma boa jogada pela esquerda e

tocou para Lucas na entrada da área. O apoiador tirou o zagueiro e

chutou no canto de Ichazo, que sequer pulou na bola: 1 a 0.

Um minuto depois, Lucas marcou um golaço. O apoiador dominou pelo lado

direito, passou por dois adversários, invadiu a área e chutou colocado

por cima de Ichazo. Festa brasileira no Monumental U.N.S.A. Aos 43, um

vacilo uruguaio. Adrián Luna, o destaque do time no Sul-Americano,

entrou de forma violenta em Juan e foi expulso.

Uruguai perde pênalti, Brasil cresce e garante o título
O segundo tempo começou ruim para o Brasil. Logo no primeiro minuto,

Saimon fez pênalti em Cepelini e foi expulso. Mas o dia não era da

Celeste: Vecino, autor do gol da vitória sobre a Argentina que valeu a

vaga olímpica, chutou para fora, por cima, à la Roberto Baggio em

1994.

A Seleção não se abateu com a expulsão de Saimon e conseguiu ampliar

logo em seguida, aos cinco. Em bela jogada pela direita, o lateral

Danilo driblou Cabrera, entrou na área, passou por mais um e bateu

cruzado sem defesa para o goleiro Ichazo.

Aos 11, Polenta fez falta feia em Neymar e levou amarelo. O craque do

Santos respondeu com a bola no pé. Um minuto depois, Lucas rolou para o

camisa 7, que dominou na área e bateu colocado: 4 a 0. Mais quatro

minutos, mais um gol: Willian chutou de longe, Ichazo deu rebote e

Neymar aproveitou para fazer o quinto. Com nove gols no torneio, o

santista tornou-se o maior artilheiro de uma edição do Sul-Americano

Sub-20. Na comemoração, imitação de um carro, cobrando a promessa feita

pelo pai.

Com o título na mão, o Brasil continuou dominando a partida. Enquanto

os uruguaios tentavam apelar para faltas e reclamações, a garotada de

Ney Franco partia para o ataque. Na habilidade, o time canarinho criou

boas chances. Como uma de Lucas, que aos 31 arrancou pelo meio, passou

por dois, entrou na área e perdeu a bola apenas para o goleiro ao errar

o último drible.

Cinco minutos depois, o camisa 10 brasileiro não errou. O são-paulino

dominou fora da área após passe de Galhardo, driblou um rival e chutou

forte: 6 a 0, goleada histórica e de titulo para a garotada brasileira.

Nos minutos finais, Ney tirou Neymar e Lucas para delírio da torcida.

As jovens estrelas saíram aplaudidas pela torcida, que completou a

festa com o apito final do árbitro. Destino final: Londres em 2012, mas

com uma parada na Colômbia ainda neste ano.

URUGUAI 0 X 6 BRASIL
Ichazo, Platero, Olivera, Cabrera e Polenta; Vecino, Cayetano (Pereyra)

e Prieto (Ramon Díaz); Luna, Mayada e Rodriguez (Cepelini). Gabriel,

Danilo, Saimon, Juan e Alex Sandro; Fernando, Casemiro (Galhardo),

Lucas (Gabriel Silva) e Oscar; Neymar (Diego Maurício) e Willian.
Técnico: Juan Verzeri Técnico: Ney Franco
Gols: Lucas, aos 40 e aos 41 do primeiro tempo; Danilo, aos 5 do

segundo tempo; Neymar, aos 12 e aos 16 do segundo tempo; Lucas, aos 36

do segundo tempo
Cartões amarelos: Platero, Cayetano, Polenta (Uruguai); Casemiro,

Saymon (Brasil) Cartões vermelhos: Luna (Uruguai); Saimon (Brasil)

Estádio: Universidad Nacional San Agustin, em Arequipa (Peru). Horário:

0h10m (de Brasília) Árbitro: Antônio Arias (PAR) Auxiliares: Francisco

Mondria (CHI) e Rodney Aquino (PAR).




Fonte: Globoesporte.com

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Posse na ALEGO, Estado de Emergência em Aparecida e o menosprezo a Cultura Popular em Goiânia



Fale com o Rei:

Tel: (62) 84315284
e-mail: editorgeral@criticaeopiniao.com

 Os 41

deputados estaduais eleitos em outubro do ano passado tomaram posse

hoje como titular da 17ª legislatura, em cerimônia realizada na

Assembleia Legislativa, de acordo com o que prega o Regimento Interno e

a Constituição Estadual.
Assumiram

todos os 41 eleitos em Outubro, mas a composição vai

mudar.
São eles: Ademir Menezes (PR), Álvaro Guimarães (PR), Bruno Peixoto

(PMDB), Carlos Antônio (PSC), Cláudio Meirelles (PR), Cristovão Tormim

(PTB), Daniel Messac (PSDB), Daniel Vilela (PMDB), Doutor Joaquim

(PPS), Elias Júnior (PMN), Evandro Magal (PP), Fábio Sousa (PSDB),

Francisco Gedda (PTN), Francisco Júnior (PMDB), Frederico Nascimento

(PTN), Helder Valin (PSDB), Helio de Sousa (DEM), Henrique Arantes

(PTB), Hildo do Candango (PTB), Humberto Aidar (PT), Isaura Lemos

(PDT), Iso Moreira (PSDB), Jânio Darrot (PSDB), Jardel Sebba (PSDB),

José de Lima (PDT), José Vitti (PRTB), Karlos Cabral (PT), Lincoln

Tejota (PTdoB), Luis Cesar Bueno (PT), Luiz Carlos do Carmo (PMDB),

Major Araújo (PRB), Mauro Rubem (PT), Misael Oliveira (PDT), Nélio

Fortunado (PMDB), Nilo Resende (DEM), Paulo Cezar Martins (PMDB),

Samuel Belchior (PMDB), Sônia Chaves (PSDB), Túlio Isac (PSDB),

Valcenôr Braz (PTB), Wagner Siqueira (PMDB)

O primeiro momento da solenidade foi a chamada dos deputados estaduais

da 17º Legislatura, pelo nome parlamentar e legenda partidária. Na

seqüencia, foi feito o juramento de posse, em que os parlamentares

prometeram desempenhar fielmente o mandato, promovendo o bem geral do

Estado de Goiás, dentro das normas constitucionais.

Em seguida, dois deputados discursaram, representando as bancadas de

situação e de oposição. Primeiro, o deputado Luís Cesar Bueno (PT)

falou em nome dos partidos de oposição. Em seguida, o deputado Helio de

Sousa (DEM) discursou pela situação.

Em nome da oposição, o deputado Luis Cesar Bueno (PT) destacou como

será a atuação da bancada na Legislatura que se inicia. Criticou a

reforma administrativa do governo Marconi Perillo (PSDB) e elogiou

obras federais em Goiás. Segundo ele, o governo Marconi coloca à frente

de outros interesses a privatização do patrimônio público, o que não

deu certo em "lugar nenhum" e que até o PSDB nacional já considera um

"erro".


O petista também criticou a existência de grupos de extermínio na

polícia de Goiás. "A Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos revela a

existência desses grupos, que agem com execução sumária", afirmou. Luís

César também se posicionou contra o que chama de "estagnação na

educação", já que, segundo ele, o número de estabelecimentos de ensino

cai em Goiás, em vez de subir.



Claudio

Meirelles esteve ameaçado
Pela Justiça Eleitoral, mas segue na ALEGO

Helio de Sousa afirmou ainda que a alternância de poder - que

caracteriza o regime democrático - é a capacidade que o povo possui de

realizar as mudanças que forem necessárias. "O Estado não pode ser

maior do que já disse", destacou, em contraponto ao discurso que Luis

Cesar Bueno (PT) realizou em nome da oposição.
Misael de

Oliveira e Alvaro Guimarães em um raro momento de

descontração

O presidente afirmou que o cidadão goiano reconhece no Legislativo um

poder público mais próximo, que influencia no dia-a-dia de todos.

"Encontrei a Casa em ordem e pacificada em 2009 e juntamente com a

colaboração dos membros da Mesa Diretora, lideranças partidárias,

diretores e servidores em geral, pudemos investir em programas como o

Intercâmaras, que buscou a aproximação institucional entre Assembleia e

Câmaras Municipais, e lançar as bases de um plano diretor de Tecnologia

da Informação”, disse Helder Valin.

Dezenas de autoridades estaduais, municipais e federais prestigiaram a

solenidade de posse dos deputados estaduais eleitos. Entre outros,

estiveram no plenário o governador Marconi Perillo (PSDB); o presidente

do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, desembargador Paulo Teles; o

procurador-geral de Justiça, Eduardo Abdon Moura.

Também estiveram presentes os ex-governadores de Goiás, Helenês Cândido

e Maguito Vilela, os ex-presidentes da Assembleia Legislativa, Célio

Silveira (PSDB) e Sebastião Tejota; o arcebispo Metropolitano de

Goiânia, Dom Washington Cruz; o presidente da Câmara Municipal de

Goiânia, vereador Iram Saraiva (PMDB); o presidente da Ordem dos

Advogados do Brasil de Goiás, Henrique Tibúrcio; o conselheiro Edson

Ferrari, presidente do Tribunal de Contas do Estado; e o conselheiro

Walter José Rodrigues, presidente do Tribunal de Contas dos

Municípios.

Enviaram representantes a Universidade Federal de Goiás, a Universidade

Estadual de Goiás, a Igreja Fonte da Vida, a Convenção de Pastores de

Goiás, a Brigada de Operações Especiais e a Base Aérea de

Anápolis.



Jardel Sebba é eleito novo presidente da Assembleia

Legislativa

Em votação aberta e unânime, Jardel Sebba (PSDB) foi eleito presidente

da Assembleia Legislativa para os próximos dois anos. Os demais membros

da Mesa Diretora da Casa foram escolhidos respeitando-se a

proporcionalidade partidária. A próxima sessão foi convocada para

terça-feira, dia 15 de fevereiro, às 15 horas.
Em votação pela primeira vez aberta para eleição da Mesa Diretora da

Casa, foram eleitos, hoje, 1º de fevereiro, os seus novos membros:

presidente, 1º e 2º vice-presidentes e 1º, 2º, 3º e 4º secretários para

o próximo biênio na Assembleia Legislativa.
A escolha dos integrantes foi feita em votação nominal, cargo a cargo,

para um mandato de dois anos. Apenas um candidato foi apresentado para

cada cargo da Mesa Diretora, encabeçada pelo deputado Jardel Sebba

(PSDB).
Confira quantos votos cada eleito alcançou na votação:
- Presidente Jardel Sebba (PSDB): 41 votos a favor;
- 1º vice-presidente Fábio Sousa (PSDB): 41 votos a favor;
- 2º vice-presidente Bruno Peixoto (PMDB): 40 votos a favor e 1

abstenção;
- 1º secretário Valcenôr Braz (PTB): 40 votos a favor e 1 abstenção;
- 2º secretário Álvaro Guimarães (PR): 39 votos a favor, 1 contrário e

1 abstenção;
- 3º secretário Humberto Aidar (PT): 40 votos a favor e 1 abstenção;
- 4º secretário Nélio Fortunato (PMDB): 40 votos a favor e 1 abstenção.
Todas as abstenções foram do deputado Misael Oliveira (PDT). O único

voto contrário (contra a indicação de Álvaro Guimarães) foi do deputado

Túlio Isac (PSDB).
Logo após a votação, a nova Mesa Diretora foi empossada, com a

Presidência sendo transferida de Helder Valin (PSDB) para Jardel Sebba.
Em discurso rápido, Jardel disse que o Parlamento é a voz do cidadão na

sociedade democrática, citando o sociólogo Norberto Bobbio. "Meu

compromisso maior será com a democracia e com a transparência, o

Legislativo já avançou muito, mas é preciso mais modernidade, sem

meios-termos e sem retrocessos", afirmou.

Perfil de Jardel Sebba

Jardel Sebba
Naturalidade: Catalão (GO)
Nascimento: 04/02/1949
Filiação: Jamil Sebba e Odete Faiad Sebba
Estado Civil: casado com Anna Abigail Teixeira Koppan Sebba
Filhos: Jardel Sebba Filho, Eveline Koppan Sebba, Marília Koppan Faiad

Sebba e Gustavo Koppan Faiad Sebba
Profissão: médico especializado em ginecologia e obstetrícia

Perfil Jardel Sebba é médico, pecuarista e deputado estadual pelo

quarto mandato consecutivo. Filiado ao PSDB de Goiás, chega ao comando

do Legislativo goiano pela terceira vez. Foi eleito em chapa de

consenso, com os votos de todos os 41 deputados, e contou com o apoio

decisivo de seu antecessor, Helder Valin (PSDB).

Presidiu a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás pela primeira vez

entre 18 de novembro de 2004,e 31 de janeiro de 2005. Chegou ao comando

da Mesa Diretora quando Célio Silveira, então presidente, se afastou do

cargo depois de ser eleito prefeito de Luziânia, e após ter exercido

por quase dois anos a 1ª vice-presidência da Casa. Em dezembro de 2004,

por cinco dias, governou o Estado interinamente. Em fevereiro de 2007,

foi eleito presidente do Legislativo com ampla maioria.

Encontrou a Casa fragilizada por escândalos e com pesadas dívidas. Ao

assumir o cargo, suspendeu contratos e licitações e determinou aos seus

auxiliares que cortassem gastos desnecessários. Também reduziu o número

de servidores comissionados e deu posse, gradativamente, aos servidores

aprovados em concurso público realizado pela gestão anterior. Com

recursos do Legislativo, realizou uma ampla reforma física e estrutural

na Assembleia em duas fases. Os gabinetes dos parlamentares ganharam

mais espaço, foram instaladas rampas e elevadores para deficientes

físicos no Palácio Alfredo Nasser para garantir acessibilidade e todo o

sistema elétrico e hidráulico foi refeito.

Alguns

Deputados vão se licenciar para assumir pastas no Governo, abrindo

assim vagas para os suplentes
Com essas mudanças, a Casa passou a receber com mais conforto e

dignidade as milhares de pessoas que a visitam todas as semanas. Assim

que tomou posse, restabeleceu o Colégio de Líderes, que passou a

deliberar sobre todos os assuntos de relevância na Casa. Todas as

decisões importantes da sua gestão foram tomadas de comum acordo entre

os demais membros da mesa diretora e os líderes dos partidos com

assento na Casa. Foi também na segunda gestão de Jardel Sebba que foi

elaborado e promulgado o novo Regimento Interno da Assembleia, que pôs

fim à aprovação relâmpago de matérias e privilegiou o debate.

Atualmente, nenhum projeto pode ser aprovado em menos de uma semana.

Todo o processo de debate e elaboração da minuta do projeto de

Adequação da Constituição Estadual à Carta Magna foi realizado sob o

comando de Jardel Sebba.

Transparência

Jardel Sebba remodelou todo o serviço de comunicação da Assembleia e

criou um novo portal do Legislativo, que passou a publicar notícias em

tempo real, disponibilizar fotos e edições do Diário Oficial. Ele

também investiu na TV Assembleia, que adquiriu equipamentos de última

geração e passou a contar com profissionais renomados. Em outubro de

2008, preferiu não disputar a reeleição para apoiar a candidatura de

Helder Valin, que chegou à presidência do Poder em candidatura de

consenso. Foi eleito presidente do Legislativo nessa terça-feira, 1º de

fevereiro, também em chapa de consenso e com os votos de todos os

parlamentares.

Para essa gestão, se propõe a avançar na transparência, investindo no

plano diretor de Tecnologia da Informação, que vai ampliar, entre

outras coisas a gama de informações que podem ser obtidas no portal da

Assembleia, assim como a interatividade.

Lincoln Tejota declarou estar votando em Jardel Sebba para quitar uma

divida que seu pai Sebastião Tejota tinha com ele, mas que agora eles

ficaram quites.



Misael de Oliveira salientou que a Assembleia esta ficando na mão de

apenas duas pessoas e que essa prática lembra e muito a antiga

panelinha do PMDB, que por sinal, fechou acordos de bastidores que

deixam claro que o partido não será assim uma oposição "cri-cri" na

casa e que aceita conversar. Para muitos foi a decepção até aqui na 17ª

Legislatura que esta apenas começando. (Fonte: Assembleia

Legislativa do Estado de Goiás com complementações de Reinaldo Cruz)




Estado de

Emergência em Aparecida de Goiânia


O prefeito de Aparecida de Goiânia, a 15 km de Goiânia (GO), o ex-

governador Maguito Vilela (PMDB), informou nesta segunda-feira que

decretou situação de emergência no município por causa das constantes

chuvas, que causaram enxurradas e inundações no mês de janeiro. O

decreto foi assinado no dia 24 de janeiro e divulgado à imprensa hoje.
Uma

verdadeira cratera se abriu ao lado da propriedade do Sr Aristides

Gomes: "Cabe fácil uns 10 fuscas ai"
"Fizemos um levantamento que apontou os diversos danos, humanos,

ambientais e econômicos", disse o prefeito em comunicado no site da

prefeitura. A partir do decreto, Maguito espera conseguir ajuda do

governo federal, por meio do Sistema Nacional de Defesa Civil (Sindec).

Segundo Maguito, as verbas federais serão utilizadas para, dentre

outras ações, convocar voluntários para reforçar a reconstrução do que

foi danificado.
No decreto de emergência, o município relata sete áreas que precisam de

intervenção imediata. Segundo o levantamento, pelo menos cinco bueiros

e duas pontes nestes bairros não suportaram a força das águas.

Estimativa da prefeitura é que pouco mais de 120,5 mil pessoas foram

prejudicadas por causa da chuva. As mesmas projeções apontam que será

necessário um montante de cerca de R$ 7 milhões para sanar todos os

problemas.
Sr Aristides

Gomes de Aparecida de Goiânia, mostra a erosão provocada pelo

assoreamento do córrego da Serra


As imagens que você vê agora foram feitas na propriedade do Senhor

Aristides Gomes (Rua 120 qd63 lt6/7 Jardim Miramar) que tem sim a

preocupação com seu patrimônio que pode ser arrastado pelas águas ou

engolido pela erosão a qualquer momento, mas é uma preocupação dele a

destruição da Natureza e a dificuldade das pessoas que ficaram sem ter

como atravessar o imenso buraco, já que a ponte foi levada pela água.
Tranqüiliza os moradores das regiões ribeirinhas, o fato de que o

Prefeito Maguito Vilela não esta alheio ao problema e cobra soluções do

Governo Federal que visem recuperar margens e leitos dos córregos de

Aparecida de Goiânia.

Quando a reportagem Questão Brasil foi acionada, nos informou que a

erosão comportava cerca de 10 automóveis de passeio, o que no primeiro

momento foi entendido como um exagero.
Ao chegarmos ao local nos deparamos com uma verdadeira cratera e que

tranquilamente poderia abrigar não 10, mas sim 50 caminhões, tamanha é

a devastação no local.
Entra ano e sai ano, as pessoas continuam a maltratar o Meio Ambiente

de forma desordenada. O assoreamento das margens dos córregos de

Aparecida de Goiânia é um assunto banal para muitos políticos.
Recuperar as margens dos córregos e rios de Goiás não dá voto e por

isso a falta de fiscalização e zelo é tão flagrante. Maguito Vilela já

partiu logo em busca da solução radical para o problema.

Meio Ambiente, reciclagem, reflorestamento não são mais assuntos para o

futuro, são assuntos para o presente e se não for levado a sério pode

resultar em baixas nas famílias que vivem nestas regiões. O telefone

do Sr. Aristides Gomes é 9909-8631


 O

descaso com a cultura popular em Goiânia

Passista da

Escola de Samba Brasil Mulato do Setor Pedro Ludovico: Prefeitura de

Goiânia não valoriza cultura popular


Em praticamente todas as

cidades de Goiás há carnaval e o destaque principal em todos eles é a

criatividade do folião e a dedicação de centenas de artistas e

profissionais que adoram o que fazem
Seja em Goiás velho, Pirenópolis, Caldas

Novas, Aruanã ou Jaraguá, o que prevalece sempre é o empenho de

músicos, compositores e passistas que fazem de tudo para propiciar

momentos de  alegria ao povo que só quer se

divertir.
Mas não precisamos citar só as cidades

turísticas de Goiás para fazer um roteiro da alegria. Quem mora na

região metropolitana de Goiânia, (quase 1,5 milhão de pessoas) precisa

de algum entretenimento no feriado de

Carnaval.

Menosprezo a cultura popular em

Goiânia
from Reinaldo

Cruz
on Vimeo.



Não são todos os moradores que viajam  nos dias de folia para curtir a festa no interior ou outros estados.

Aqui nesta cidade e em todas as outras que compõe o entorno, tem  pessoas que adoram a festa pagã e preservam a cultura popular.
Iris Rezende Machado em seus 52 anos de  vida publica teve o povo desta cidade como cúmplice de uma carreira que

foi brilhante sob muitos aspectos, mas que infelizmente tem uma mancha de difícil remoção em seu currículo: Iris Rezende Machado nunca  valorizou a cultura popular.
Essa cultura popular menosprezada por  Iris em sua longeva carreira, também parece não interessar ao atual Prefeito Paulo Garcia de Siqueira.
Paulo Garcia se diz lisonjeado quando alguém insinua que ele aprendeu tudo com o Mestre Iris e que segue fielmente os seus passos.
A população de Goiânia, principalmente  os mais carentes espera que o Prefeito do PT acorde logo de seu sono

profundo e sonhos delirantes para começar de fato a escrever a sua própria história, fazer um caminho diferente e como manda as tradições do seu partido faça uma gestão voltada para o povo e com o povo ao seu lado.
Uns dizem que o Carnaval de Rua de Goiânia não tem tradição, outros afirmam que é ruim demais, mas geralmente quem emite este tipo de opinião é quem tem dinheiro para bancar quatro dias no agito do interior turístico de Goiás ou então

fora do estado.
Essas pessoas e o nosso Prefeito não pelo lado de que não pode viajar por não ter dinheiro ou os compromissos não permitirem se ausentarem por quatro dias da capital.

Trabalhadores e trabalhadoras que muitas vezes só tem esse evento, O Carnaval de Rua para freqüentar e se divertir.
O povo que tem fama de ser desmemoriado vai ficando a cada dia sem opção de divertimento e contato com sua cultura, que, aliás, parece ser privilégio de poucos não só em Goiânia, mas também no Brasil, onde os artistas recebem incentivos fiscais dos Governos Municipal, Estadual e Federal e não tornam essa “Cultura” menos elitista.
Não somos um povo que possa mostrar o Samba no pé com a desenvoltura dos passistas cariocas ou tenhamos por aqui inúmeros blocos ou trios elétricos capazes de incendiar a cidade como os baianos, mas uma coisa ninguém pode negar ou tentar esconder, o Carnaval de Rua da Capital é alegria de pelo menos 20 mil pessoas.O Prefeito Paulo Garcia não vê, assim como Iris não viu, em comum entre o Mestre e Discípulo só o fato do Secretário de Cultura dos dois ser o mesmo. Kleber Adorno
 A cada ano, esta cidade cresce mais e os menos favorecidos têm no carnaval de rua a melhor opção de divertimento já que nem todos podem ir aos bailes mais animados do Interior.
Neste ano, num clima de completa insensibilidade por parte da Prefeitura, a alegria, diversão e paz, de milhares de foliões podem estar indo pro vinagre. Mais uma vez, a insensibilidade política vai falar mais alto, mas ai o ano que vem não se preocupem, pois teremos um carnaval de arromba, já que o Prefeito Paulo Garcia é um amante da cultura popular e com certeza vai precisar do voto de cada folião.
Quando ainda estava em campanha ao Governo de Goiás, Marconi Perillo se reuniu com a direção de algumas Escolas de Samba na quadra da Brasil Mulato no Setor Pedro Ludovico. Na ocasião, o então candidato, prometeu contribuir com a cultura e as crenças populares do nosso estado.
Vamos aguardar o que nossos Governantes vão fazer a pouco mais de um mês para o Carnaval.

 Marconi

Perillo quando ainda estava em campanha prometeu apoiar o Carnaval de

Rua de Goiânia e movimentos de cultura e crenças

populares.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

17th Legislature at a ceremony held at the Legislative Assembly

17th Legislature at a ceremony held at the Legislative Assembly
The 41 state representatives elected in October last year took office today as the holder of the 17th Legislature at a ceremony held at the Legislative Assembly, according to what he preaches and the Internal State Constitution.

They are: Ademir Menezes (PR), Álvaro Guimarães (PR), Bruno Peixoto (PMDB), Antonio Carlos (PSC), Claudio Meirelles (PR), Christopher Tormim (PTB), Daniel Messac (PSDB), Daniel Vilela (PMDB) , Joaquim (PPS), Elias Jr. (PMN), Evandro Magal (PP), Fabio Souza (PSDB), Francisco Gedda (PTN), Francis Jr. (PMDB), Frederico Nascimento (PTN), Helder Valin (PSDB), Helio Sousa (DEM), Henrique Arantes (PTB), the Hildo Candango (PTB), Humberto Aidar (PT), Isaura Lemos (PDT), Iso Moreira (PSDB), Quadros Darrot (PSDB), Jardel Sebba (PSDB), José Lima (PDT), Joseph Vitti (PRTB), Karlos Cabral (PT), Lincoln Tejota (PTdoB), Cesar Luis Bueno (PT), Luiz Carlos do Carmo (PMDB), Major Ali (PRB), Mauro Rubem (PT) , Misael Oliveira (PDT), Nelio Fortunato (PMDB), Nilo Resende (DEM), Paulo Cezar Martins (PMDB), Samuel Belchior (PMDB), Sonia Chaves (PSDB), Tulio Isaac (PSDB), Valcenôr Braz (PTB) Wagner Siqueira (PMDB)


The first time the ceremony was the recall of state legislators of the 17th Legislature, the name and parliamentary party label. In the following, was taken the oath of office in which the parliamentarians promised to faithfully carry out the mandate, promoting the general welfare of the State of Goiás, within constitutional norms.

Then, two deputies spoke, representing the situation and benches of opposition. First, Rep. Luis Cesar Bueno (UK) spoke on behalf of opposition parties. Then, Rep. Helio Sousa (DEM) addressed the situation.

On behalf of the opposition, Mr Cesar Luis Bueno (PT) will be highlighted as the work bench in the Legislature that begins. He criticized the government administrative reform Marconi Perillo (PSDB) and praised federal works in Goiás He said the government Marconi puts other interests ahead of the privatization of public assets, which did not work out in "nowhere" and that until national PSDB already considered a "mistake."



The PT also criticized the existence of death squads in police Goiás "The National Human Rights Ombudsman reveals the existence of these groups, acting with summary execution," he said. Luis Cesar also come out against what he calls the "stagnation in education", since according to him, the number of schools in Goiás falls instead of rising.

Speaking on behalf of government, Rep. Helio Sousa (DEM) indicated that commitment is necessary for the consolidation of a democratic state. For him, it is essential that the state of Goias has its size as the exact measure to allow the full exercise of citizenship of its people.

Helio Sousa also said that the alternation of power - featuring the democratic system - is the ability that people have to make changes as needed. "The state can not be greater than it said," he said, as opposed to speech that Luis Bueno Cesar (PT) held on behalf of the opposition.

Finally, the President of the Legislative Assembly, Mr. Helder Valin (PSDB), highlighted the satisfaction of taking office in a house "more transparent and closer to society with self-esteem rescued and modern."

The president said that the Legislature recognizes citizen goiano a government closer, which influences the day-to-day ever. "I found the house in order and pacified in 2009 with the collaboration of members of the Board, the party leaders, managers and servers in general, we invest in programs such as the interlayer, which sought to institutionalized cooperation between the Assembly and municipal councils, and lay the foundations for a master plan for Information Technology, "Helder said Valin.

Dozens of state, municipal and federal attended the inaugural ceremony of the elected state representatives. Among others, were on the floor Gov. Marconi Perillo (PSDB), the President of the Court of the State of Goiás, Paulo Teles judge, the Attorney General of Justice, Eduardo Moura Abdon.

Also present were former governors of Goiás, Helen Candide and Maguito Vilela, former Presidents of the Legislative Assembly, Celio Silva (PSDB) and Sebastian Tejota, Metropolitan Archbishop of Goiânia, Washington Archbishop Cruz, the president of the Municipality of Goiânia , alderman Iram Saraiva (PMDB), the president of the Bar Association of Brazil Goias, Henry Tiburcio; adviser Ferrari Edson, president of the Court of the State, and the counselor Walter Jose Rodriguez, president of the Municipal Court.

Sent representatives to the Federal University of Goiás, Goiás State University, the Fountain of Life Church, the Pastors Convention of Goiás, the Special Operations Brigade and the Air Force Base Annapolis

Seguidores

Pesquisar este blog